O verdadeiro espírito natalino

Nós, pobre mortais proletários, que trabalhamos oito horas por dia, com uma de almoço, e nos reunimos em cada um deles para passar quatro horas infurnados em um faculdade de jornalismo em plena decadência, temos no final do ano a época mais feliz de nossas vidas. Não é mérito do peru de Natal, das extasiantes reuniões de família, do ânimo coletivo que empurra a todos, sem exceção, em direção a uma mesa farta rodeada de pessoas que, geralmente, não são frutos das suas escolhas. E não há nada pior do que conviver com esse tipo de pessoa.

O verdadeiro motivo para abrir um sorriso enorme nesta época de Natal (isto para nós, pobres mortais proletários) é a temporada de férias de verão. Não particularmente porque é verão (odeio alegrias obrigatórias, se alguém ainda não percebeu). Mas porque o marasmo preguiçoso, a oportunidade constante de um ócio completo e revigorante, só tem lugar em nossas vidas nesta época do ano.

Depois das festividades da empresa, do amigo secreto com os colegas da firma, das confraternizações com os amigos, chegou a hora de partir para um outro tipo de diversão, tão antiga quanto proveitosa: a lista de coisas a fazer. Sim, no meu caso, o de fiel e indisciplinada geminiana, a lista de tarefas se acumula a cada dia, à medida que o tempo passa e a bagunça no armário se materiliza e se estende às gavetas, à pilha de livros para ler, aos artigos e reportagens separados em um canto qualquer daquela desordem toda. O verdadeiro motivo para minha felicidade natalina, portanto, é poder me fechar para balanço.

Anúncios

Uma resposta para “O verdadeiro espírito natalino

  1. Mesmo com tudo isso… FELIZ NATAL, PO!!! ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s