Amiga melhor

O mundo já foi bem mais íntimo, bem mais familiar. Hoje, sou uma estranha dentro da minha própria vida na maior parte do tempo. Não reconheço os contornos suaves que costumavam desenhar minha vida há quatro anos, quando eu ainda frequentava o colégio na rua da minha casa.

Hoje, a festa junina despertou os sinais de nostalgia. Música caipira, um abraço gostoso do careca mais gostoso de todos, bandeirinhas espalhadas por todos os lugares e, o melhor de tudo, a presença de Sra. Alan Rickman e da Sra. Bakhtin. Ainda lá, o sinal da mudança dos tempos.

O meu arqui-inimigo não apareceu, e me deixou preocupada com sua tristeza estampada no rosto, coisa que raramente percebi em dez anos de amizade. O meu companheiro de sempre estava ocupado demais. A amiga casada e grávida, o professor que percebeu todas as intenções, os rostos desconhecidos muito mais recorrentes do que os familiares.

Os tempos mudam. Eu não danço mais quadrilha. Algumas das pessoas que eu amo não têm mais tempo para festas juninas. Ou estão longe demais para voltar no tempo e curtir algumas horas de diversão gratuita.

O mais reconfortante ao final de um dia como esse é poder passar a noite em um quarto conhecido, ajudando a amiga que mora nele a acabar com a zona que ela mesmo contrói o tempo todo. Não é a primeira vez que faço isso e me ajuda demais saber que não será a última. Mensagens do tempo de colégio, roupas espalhadas, maquiagem ao chão, logo ao lado das bolsas, o fichário em que eu já deixei mensagens, uma carta minha de sete anos com os sentimentos que não mudaram até hoje, só amadureceram. Algumas coisas mudam. E eu sou muito grata porque outras não.

Anúncios

5 Respostas para “Amiga melhor

  1. Lindo! Foi exatamente o que eu senti ontem. E a melhor coisa foi quando a Rosinha veio em casa, depois da festa, pegar uma roupa emprestada. Deu uma sensação de que, no fundo, tudo continua igual.Beijos

  2. nha ^^ pode deixar Pô, sempre vai ter alguma bagunça minha que precisará da sua ajuda^^.Mas o melhor de arrumar bagunça são os brindes não é msm Pô? Pra tudo existem recompensas…

  3. Van, querida!A festa junina de sua antiga escola foi muito boa mesmo… Fazia muito tempo que eu não me divertia tanto e te garanto que foi ótimo!É como disse lá no Apenas: meu sábado foi muito gostoso e divertido. E, juro, nunca tinha participado de uma festa tão grande.Além disso, foi muito bom dividir esse momento tão especial contigo!Conte sempre comigo para festividades gratuitas… Hahahahahaha! :DObrigada por tudo!Te adoro MUITO…BeijosPS= Li a sua matéria sobre o final de Grey’s na capa do UOL. Fiquei aind amais curiosa para ver o caítulo de hoje!!!

  4. Pô, foi mó legal conhecer seu passado – agora temos mais subsídios para te chantagear =)E foi ótimo conhecer pessoas suas queridas de quem sempre ouvíamos falar.Nos convide de novo em 2009, hein?Beijos!

  5. Ai Pô, te entendo muito, viu… sabe que em momentos muito terríveis ou de extremo cansaço, não há nada como voltarpara a casa da minha mãe, com meu quarto antigo e a vida que eu costumava ter. é bom revisitar o passado, às vezes. bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s