Um ano e quinze dias

Gosto muito de quem você quer ser. Engraçado, divertido, sabe me fazer rir até das coisas mais bobas. Faz eu me sentir à vontade quando todo o mundo colabora para o contrário. Com a cabeça encostada no seu ombro posso dormir. E o sono é o limite máximo da entraga. É dele que deveríamos ter pudor, não do sexo.

O ponto não é este. Você já falou sério comigo, mas foi há tanto tempo que só lembrei agora, umas três horas depois que você me perguntou. Juntos, nós somos superficiais. Só começo a acreditar no contrário se você se lembrar qual é minha cor favorita ou quantos quilos eu perdi. Pintei o amigo que eu queria, porque sei que posso confiar nele, sei que você é só uma máscara. E que essa outra imagem, a que eu tenho, é a verdadeira. E que você tem medo de perder o controle. Por isso ri.

Para mim, amizade é uma relação mais sagrada do que amor. Minha mãe quer que a gente se case. Você é o genro dos sonhos dela. Ela sempre disse que adoraria ver a gente namorando. E eu sempre respondo que, porque sempre vai ser meu amigo, você já é o homem da minha vida, que estaria disposta a te entregar muito mais do que a qualquer namorado. Se você tivesse coragem para aceitar e retribuir.

Anúncios

2 Respostas para “Um ano e quinze dias

  1. Coragem… tah ai uma palavra que me faz refletir sobre muitas coisas… Na verdade me questiono pq sou desta forma, mas se cada um pudesse falar a seu próprio respeito, identificar seus “problemas” e depois de tudo ainda saná-los seriamos outras pessoas. A coragem que me sobra em determinados momentos é aquela que sinto tanta falta em outros. Essa coragem que me sobra se manifesta quando trato de questões que dizem respeito ao coletivo, à aqueles que gosto e até mesmo aqueles que não conheço, já a coragem que me falta se apresenta quando me deparo com situações minhas, pessoais que de repente não tenho como sair e quem sabe até deixar esta “máscara” cair naturalmente, pode ser pq nessa altura isso sirva de proteção e de barreira, me parece que sim. Me parece também, que não me acho forte para isso ou para aquilo. Até consigo me ver lutando por meus ideias, mesmo que perdidos para ajudar os outros, como um Quixote sabendo que minha batalha já está perdida mas para ajudar os outros se sacrificando.Não sei se me faço de simpático, engraçado e tudo mais me faz bem…. parece que sim, pq mais uma vez desta forma faço outros se sentirem bem e assim não dou preocupação pra ninguém. Acho que ainda não entendi que amigos passam suas vidas ajudando uns aos outros, em todos os momentos e variações do verdade humor. Na verdade olhando para mim, começo a acreditar que não passo de uma pessoa que aparenta ser muito legal, ou mesmo só legal, mas que no fundo é muito dura consigo mesmo, que é triste, que sofre calado… que não se deixa parar para não cair em seus pensamentos sobre si e o que esta fazendo de sua vida e se o que ele esta fazendo da sua vida esta certo, errado ou se é pra si mesmo ou para os outros ou que seja por outro motivo…Não sei nem que cor é a minha preferida, mas acho que a sua é o rosa, ou talvez o roxo…. isso é o roxo, com certeza a não ser que a geminiana tenha decidido trocar de cor, mas em se tratando de decisões acho que não… Cada palavra que escrevo sinto vontade de fazer alguma piada ou dar alguma quebra nessa estrutura que esta, ou que já, se formou nestas linhas. Não sei se uma amizade possa ser mensurada por coisas deste tipo, este detalhamento de pormenores, de quilos (que foram 14) e cores (roxo!) é pq estes detalhes te dizem respeito e se te dizem respeito não são meros detalhes, pq se te importam, importam a mim – ao seu amigo. É estranho falar amigo, pq nossa relação transcende ao significado comum desta palavra por saber que a muito tempo éramos quase que um só, um terço e dois terços de uma mesma dupla de dois. Como você me conhece sabe o quão prolixo sou e nesta altura não sei se ensebei muito e não disse nada, ou se disse muita coisa e ao mesmo tempo nada sobre as coisas que realmente eram pra ser tratadas aqui. Só sei que sou o tipo de pessoa, se é que tem um tipo de pessoa que é assim como eu, que na busca por querem ajudar, conhecer e viver com muitas pessoas acaba ficando sozinho, mas até mesmo quando se depara em seus momentos solitários onde não sabe o que fazer e para quem recorrer pedindo colo pq não quer “atrapalhar”, mesmo assim se conforta por ver que os outros estão bem, estão vivend, evoluindo e se senti confortado por pensar nas pessoas desta forma. Não para fugir das “responsabilidades” de um verdadeiro amigo, mas pq tem um trabalho tão grande com os outros que só de pensar no bem, e pensar de verdade no bem dos outros que não se encontram tão perto dele se basta. Acredito no distanciamento físico que muitos sofrem, mas maior do que isso é a preocupação que guardo comigo e que me faz sempre, me sinto segura para dizer que pelo menos por você, não gasto mais sim aproveito meus pensamentos te desejando o melhor sempre. Neste um ano e quinze dias certamente passaria 380 dias pelo menos pensando em você nem que fosse algum único momento, mas a cada dia.Comentei, o que para mim mesmo pode ter sido deferente e até mesmo desconfortante por estar falando muita coisa pra uma parte de mim que não queria que ouvisse isso, mas que me fez lembrar da importância e cumplicidade que posso encontrar nela.Beijos e até daqui a um ano onze dias e algumas horas…

  2. removi a anterior pq era essa mas digitada errada, rsrsrsrsoutro dia li um texto em um blog, parece que tô numa fase que quase tô fazendo um pra mim, pra poder assim escrever algumas coisas. Mas, mesmo nesta hora penso que se eu não atualizar sempre as pessoas não irão gostar, mas que pessoas e que obrigação é essa?… não sei, mas pelo menos eu te mando aqui o link para esse texto de um amigo meu…http://gregorsamsara.blogspot.com/2008/07/ningum-se-lembra-do-lon-werth.html#links

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s