Querido diário

Meu blog é meu diário. Porque eu nunca me recuperei desta mania infantil de registrar minhas impressões sobre o meu mundo – e sobre como as outras pessoas o afetam. “Todos sabem que o segredo de fazer com que o mundo goste de você é deixar que as pessoas falem indiscriminadamente sobre elas mesmas. Está aí o segredo de sair de uma conversa com uma boa impressão do outro. Falar sobre você.”

Não existem diálogos. Só uma sucessão de monólogos que tentam se interligar. Conversas são estes pequenos discursos egocêntricos e as ligações que tentamos fazer entre o nosso e o do outro.

É por isso que não somos sinceros. Não queremos incomodar porque sabemos que somos incomodados. Eu só deixo de tocar em determinado assunto quando já passei por isso. Sinceridade hoje significa fraqueza. Ser espontâneo é ser ingênuo.

Eu quero ser ingênua. Muito melhor do que isso é descobrir que tem gente que está disposto a ser ingênuo comigo.

Anúncios

Uma resposta para “Querido diário

  1. vai nessa?espero, aguardo a curva…na próxima esquina, então?talvezparei na ondahavia cercas e passosvoltou, de novo?olha isso!somei as rimas de ontemem uma função compostafragmentos contínuos aquientendo o quenão possocafé ou cappuccino?(mibz86@gmail.com)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s