Meu 11 de setembro

Meu coração foi cortado em 3 pedaços, milimetricamente esculpidos, com técnica cirgurgica. Vê-la chorar daquele jeito me fez pensar que eu não merecia viver, por ter causado tanto sofrimento a uma pessoa que eu amava tanto.

Eu havia mudado de trabalho faziam exatamente duas semanas. Estava insegura. Não sabia se gostava mesmo do novo emprego, se havia feito a escolha certa. Mas o importante é que gostavam do meu trabalho. 

Saía às 19h da redação. Liguei para casa às 18h, quando todo mundo já tinha ido embora. Eu estava completamente sozinha, em uma casa escura do Butantã. Minha irmã atendeu. Não passou o telefone. A voz dela me disse tudo: tinha chegado o momento que eu temia há anos. E que eu sabia não poder evitar. 
Peguei um táxi e fui pra casa. A Eliseu de Almeida inteira parada e eu só pensando em como ia encontrar minha casa quando chegasse. Quem estaria na sala, como as pessoas iriam me receber, quanto tempo eu poderia segurar na mão dela. 
365 dias atrás, minha mãe saiu de casa.  Dia 11 de setembro. Eu chorei no colo dela como se estivesse condenada à morte. Morri um pouco naquele dia. Não só porque iria ficar longe dela – mas porque sabia o que ela iria passar.
Há um ano, sei que ela chora quando está sozinha. E que não conseguiu esquecer tudo o que aconteceu naquele dia. Sei também que ela não tem dinheiro para almoçar na rua. E que passa fome de vez em quando. Também sei que eu não tenho dinheiro para que ela almoce. 
Foram doze meses que me ensinaram uma lição: são menos doloridos os choros que vemos do que aqueles intermediados por uma linha telefônica.
Anúncios

Uma resposta para “Meu 11 de setembro

  1. Que bom que ela tem tanto amor. Vc a ela, e ela a você.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s