Xadrez

Eu tinha uns nove anos. Na escola onde eu estudava acontecia anualmente um concurso sócio-cultural-esportivo a que eles davam o nome de Olímpiadas. Juntava educação física com modalidades medonhas como tabuada e xadrez. 

Eu, claro, jogava xadrez. Todos precisavam participar de ao menos uma prova. E eu, ingênua que era, sempre achei que ficar sentada era mais fácil. Ironias da vida. 

Ganhei todas as medalhas jogando no tabuleiro. Eu tinha uma técnica avançada. Nada de estudar os movimentos e usar de meu poderoso cérebro infanto-juvenil para arrasar o adversário. Ao invés disso, eu o manipulava. 

“Hum, tem certeza que é essa mesmo? Olha. Vou ser sincera. Isso não é o que eu faria.”

Obviamente Kasparov nunca derrotou uma computador avançadíssimo perguntando se ele tinha certeza do que estava fazendo. Mas eu lutava com as armas que tinha em mãos – e sempre funcionou. 

Como dá para notar, fui eu a inventora de um conceito muito importante para a sustentabilidade da vida moderna: a bitch. Eu ainda não havia aprendido que manipular pessoas é feio e socialmente repreensível. Tempos felizes aqueles.

Anúncios

4 Respostas para “Xadrez

  1. Muito bom!

    Quando as pessoas manipuladas são mais “a Deus dará” fica fácil. Mas quando a pessoa que queremos manipular é cabeça-dura… é dureza.

    Valeu!

  2. Hahaha. Essa história me fez lembrar da minha professora de Psicanálise e cultura descrevendo um psicopata.
    Sim, você se encaixou na descrição 8D

  3. Nossa tbm pensei nisso. ! Pisicopata total! em um nivel intermediario, mas é um sim , rs…. não senti culpa não né? sabia.

    E depois eu que sou o perigoso do bairro é?? .

    bjs!!

  4. É feio?

    É socialmente repreensível?

    Ops… eu realmente não vou pro céu…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s