Rico dinheirinho

E o final de True Blood foi exibido no mesmo dia nos Estados Unidos e – quem diria – no Brasil. Os canais pagos brasileiros sempre se saíram com o discurso de que legendar episódios era um trabalho demorado, e as janelas de exibição tinham que ser mesmo do tamanho brochante que eram até agora.

E diziam que o problema era esse: a legenda. E que, para exibir ao vivo, só se for apenas no áudio original. Mas True Blood foi exibida legendada.  O canal conseguiu o script com a produtora lá dos EUA antes e pôde assim fazer o trabalho para oferecer um serviço de maior qualidade.

Pois é, quando o aperto é grande, eles sempre dão um jeito. Um episódio do tamanho e da importância que esse final da terceira temporada de True Blood adquiriu não poderia passar em branco por aqui. Até porque não passaria mesmo. A maior parte dos fãs da série, se tem dinheiro para pagar o pacote de assinatura da TV a cabo, tem dinheiro para comprar uma boa internet banda larga.

Ou seja, corre para os sites de torrent e download assim que o episódio chega ao fim nos Estados Unidos – isso se não assistiu por streaming ao mesmo tempo em que o telespectador norte-americano.

Então, espectador brasileiro que paga sua TV a cabo: saiba que é seu direito receber um serviço de qualidade. Você pode cobrar por isso. Não precisa engolir intervalos de exibição como os da Fox, que transmitiu a terceira temporada de Dexter por aqui quando até a quarta já havia terminado em terras gringas. Senão, vale mais a pena investir seu rico dinheirinho na banda larga do que na TV a cabo, não é mesmo?

Anúncios

3 Respostas para “Rico dinheirinho

  1. Vana,

    Pra começar, belo texto, digno de um geek! Gostei muito.

    Há tempos venho pensando nesta questão, e cheguei a conclusão de que, para nós, a dita “geração conectada”, tem duas escolhas: 1) ou assina a TV paga para qualquer outro propósito que não seja séries, e assiste a séries pela internet, ou 2) se você só curte séries, investe em um sistema de media center (ou media player) e principalmente, invista em uma boa internet. Eu mesmo recorri à segunda opção por um bom tempo e economizei uma baita grana aqui em casa, além de poder ter o conforto de assisitir aquilo que quero, no horário mais conveniente, sem comerciais, e com alta qualidade de imagem e legendas. E não me arrependo. Hoje, uso a TV a cabo para ver eventos esportivos, documentários e notícias. Mas, para outras pessoas que não se apegam à isso, pode viver muito bem só com o conteúdo da internet.

    Por outro lado, há uma tendência dos canais do grupo Sony (que, no Brasil, possui os direitos dos canais HBO) de agilizar a vinda deste conteúdo para os seus assinantes. Ou seja, ao menos o grupo Sony está sentindo o calo apertar, e tomando alguma atitude para evitar o êxodo de assinantes. Os demais canais ainda não se tocaram disso, e os canais do grupo Fox são vergonhosos nesta questão.

    Penso eu que, no cenário atual, só ficará com a TV paga aqueles que realmente não possuem o devido conhecimento de como proceder para baixar as séries e assistí-las no PC ou na TV. Sabe, os pais e avós que não querem esquentar a cabeça com isso, mas querem ter algo a mais na TV. Para a geração conectada, se eles não se mexerem, vão perder cada vez mais audiência.

    Abração!

  2. Eu vivo 100% de conteudo da Net a quase 4 anos, usando a televisão em casos extremos como Copa e eu só assisti em casa um dos jogos!
    Hj tenho TV a cabo ainda, apenas pq a Net quase se recusa a cancelar me vendendo o pacote Fone+Net+TV, sinceramente… parece brincadeira mas não consigo mais ver tv, as séries seriam sem dúvida um ponto que me fariam assisti-la… fico contente de saber que os canais estão correndo p/ tentar consertar esta lentidão, mas e agora?
    Alguém aí já pensou em o que eles deveriam fazer para recuperar este publico??
    Investindo em interatividade em tempo real, talvez seja um modelo de negøecio que precisa ser estudado! Afinal isto sim faria com que a pessoa ficasse na frente da TV no momento em que o programa estivesse passando! Imagina que legal se o canal “presenteasse” no final do episódio da temporada um conjunto de actions figures de todos os personagens de true blood, ou um box da temporada anterior. E se este sorteio fosse feito no maximo em 5 minutos após o final episódio e para participar deveria responder uma pergunta que só seria respondida no proprio episódio.
    Seria um investimento infimo que nós gostariamos de participar.
    E quem sabe assim eles não conseguiriam um pouco mais de notoriedade ou até atrair antigos espectadores como eu!

    Fred

  3. Concordo plenamente com o post, Vana!
    O público não precisa aceitar, diante dos altos preços que a Tv por asasinutura e à cabo no Brasil ainda tem, esse tipo de atraso e por que não dizer, falta de qualidade no serviço.
    Sempre me perguntei, como equipes amadoras de legenders muitas vezes com os componentes em lugares diferentes do Brasil, conseguem se organizar e aprontar uma legenda de qualidade em menos de 24 horas após a exibição dos episódios nos EUA e disponibilizar na internet, enquanto as euipes de profissionais das tvs pagas levam semanas e até meses para concluir um trabalho. Tem algo de estranho aí, ou existe uma má vontade e um grande descaso com os telespectadores por parte das emissoras, ou então, empresários, vamos renovar essas equipes e passar a contratar essa nova geração de legenders que estão aos montes espalhados por aí na web.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s