Arquivo da categoria: Raising Hope

[First Look] Raising Hope

-Mãe, pedi demissão. Tem que ter mais coisas na vida além de limpar a mesma piscina de novo e de novo.
– Não, filho. Não tem.

De vez em quando é divertido quando alguém tenta pensar contra a corrente. E eu sempre pensei nos criadores de My Name Is Earl com essa cabeça. São piadas boas, frescas e, principalmente, não são previsíveis.

Pois assim é a nova série do roteirista em questão, Gregory Thomas Garcia. Raising Hope conta a história de um garoto comum, que trabalha com a família como limpador de piscinas, e acaba se envolvendo com uma assassina em série procurada por ter acabado com a vida de dois ex-namorados.

A moça engravida, é presa e condenada à morte, deixando Jimmy com a responsabilidade de cuidar de uma garotinha a que ela deu o nome de Princess Beyoncé. Pois é. Claro que no fim o pai apela para o bom senso e muda o nome da menina para Hope, por isso o título da comédia.

Jimmy precisar então criar Hope ao lado de dois pais malucos que o tiveram aos 15 anos e uma avó que já não sabe mais o que é lucidez, e passa a maior parte do tempo de um lado para o outro vestindo apenas um sutiã. Fora o primo que mora em uma barraca no meio da sala.

O roteiro é bem bacana, lembra algumas comédias independentes, assim como My Name Is Earl lembrava. Não é escrachado, não deve agradar todo mundo, e foi por isso mesmo que me agradou. Mas eu devo chamar a atenção aqui para outro aspecto do seriado: a atuação. Principalmente a da mãe de Jimmy, avó de Hope.  Martha Plimpton está tão à vontade no papel de mãe suburbana meio maluca, meio com pé no chão, que dá gosto de ver.

Se você já cansou das mesmas sitcoms de sempre, com as mesmas piadas de sempre, está na hora de anotar a recomendação.

Anúncios