Arquivo da tag: Canadá

Sendo Erica Strange

Eu tenho muitos problemas com séries de mulherzinha. Todo mundo sabe o que é uma série de mulherzinha. Aquela coisa bonitinha e fofa cheia de sentimentalismos que faz você pensar o tempo todo sobre para onde está indo a sua vida.

Eu gosto de pensar para onde está indo a minha. Mas depois de muitas horas qualquer conclusão se torna uma tragédia shakespeariana, como toda geminiana consegue fazer, e isso pode ser cansativo de vez em quando. Fora que eu acho que nasci com menos estrogênio do que deveria. Não tenho as frescuras que o padrão-mulher hoje em dia exige.

Mas todas estas teorias sobre mim caem por terra quando o assunto é Being Erica, uma das séries mais mulherzinha que eu já vi na vida – e uma das minhas preferidas. Canadense, esta atração está na terceira temporada e o motivo deste post é o seguinte: não para de acertar.

Na nova fase de Erica Strange, nossa heroína – uma mulher comum agora com 34 anos e uma carreira a construir pela frente – precisa enfrentar mais uma vez o medo de controlar a própria vida e levar a nova editora com Julianne, enquanto cura as feridas deixadas por Ethan e parte em busca de um novo romance.

Foi agora nesta temporada, portanto, que eu consegui articular o que me faz realmente amar Erica Strange: o medo. Tudo o que ela quer fazer com sua vida é ser feliz e fazer as escolhas certas. Mas o medo de seguir em frente na maioria das situações é o que segura Erica e faz com que a personagem se torne tão inteligente, tão comum, tão interessante.

O que me aproxima tanto dela, ainda, é momento da minha vida em que eu comecei a assistir a essa série. Eu sinto que os meus últimos três anos foram quase que equivalentes às três temporadas pelas quais Erica Strange passou. Devo ter amadurecido quase tanto quanto ela e passei por desafios e felicidades que não caberiam em um piloto. Tudo isto na companhia daquela que já faz parte da galeria das minhas queridas personagens favoritas.

Anúncios